10 de maio de 2019 | Nº 204
 

Admirável Novo Mundo

O novo sempre causa receio, afinal ele exige que nos reposicionemos em relação ao que parecia certo e estável. Como responderemos então a um mundo em que tudo muda tão rapidamente e que o novo se torna uma constante? “Agora, a grande questão que mobiliza os mais antenados é quanto ao efeito da inteligência artificial sobre a subjetividade humana. Será que seremos ultrapassados pelas máquinas inteligentes?” (JF). O recuo conservador e o controle são as principais repostas que vemos hoje, mas ambos os textos dessa edição nos mostram que a psicanálise aponta para uma outra resposta, além da ética do medo.

Boa leitura.

 
Nesta edição:

A sabotagem e a inteligência artificial

Os homens serão ultrapassados pelas máquinas? Jorge Forbes analisa essa questão através de três grupos de respostas – dos biodefensores, dos pós-humanistas e dos transumanistas – , num artigo publicado na revista HSM Management. Leia no site.

Nesta edição: 10 min
 

É possível antecipar as coisas?

Frente à violência inusitada, como o massacre de Columbine, os departamentos de segurança americano apostam na previsão do futuro, mas a psicanálise traz outra lógica. Leia o artigo de Camilo E. Ramírez no site.

Nesta edição: 15 min
As Psicoses - Mini-curso online em 3 aulas
© 2012-2019 IPLA. CC alguns direitos reservados.