1 de novembro de 2019 | Nº 212
 

Revoluções Éticas

Se em 80 milhões de anos uma abelha em nada alterou seu modo de ser, no intervalo de poucos anos estamos modificando todos os aspectos de nossas vidas. “Zebras, e pinguins, e onças, e porcos, e borboletas sabem desde o nascimento o que devem fazer de suas vidas. A espécie humana, não, por isso podemos falar em eras éticas”, escreve Jorge Forbes no artigo desta Newsletter. Queremos, no IPLA, criar espaços para o debate dessa ética, como nossa Conversação Clínica de 2019, cujo tema “Reprodução Assistida, Desejo e Subjetividade” é introduzido aqui pelo artigo de Ana Cristina Guimarães.

Boa leitura.

 
Nesta edição:

Estamos Desbussolados

Em TerraDois vivemos a euforia de novas possibilidades antes apenas sonhadas, ao mesmo tempo em que "a liberdade de escolha atemoriza por não estar amparada em nenhuma garantia. Surgem então tentativas toscas de acalmar os medrosos", diz Jorge Forbes, em artigo para a revista HSM Management. Leia na íntegra em nosso site.

Tempo de leitura 10 min
 

Designer-babies

A fabricação de filhos geneticamente programados é o aperfeiçoamento do homem? Ana Cristina Guimarães discute em seu artigo as novas questões éticas da engenharia genética e reflete sobre a contribuição da psicanálise nesse cenário. Leia no site.

Tempo de leitura 15 min
Conversação Clínica 2019 - Reprodução Assistida, Desejo e Subjetividade
© 2012-2019 IPLA. CC alguns direitos reservados.