Curso Fundamental: de Freud a Lacan (2019) 25/02/2019

Apresentação

De sua convicção de que os sintomas da histérica não tinham uma origem em lesão orgânica, Freud conseguiu elaborar uma representação da psique humana e um modo de intervenção pela palavra para atuar sobre o sintoma: a interpretação. Mostrou onde e como se manifesta o inconsciente (nos sonhos, na vida cotidiana, nos tropeços). Desmontou os mecanismos que, descolando os afetos das representações, permitem aos sintomas se manifestarem em substituição às representações recalcadas. A partir de 1923, introduziu uma representação psíquica com três instâncias (Ego, Id e Superego) para dar conta da insistência do sintoma. Percebendo a satisfação que se encontra uma repetição, Freud reconfigurou os limites e os fins da análise, incluindo o impossível.

Jacques Lacan tomou para si a tarefa de encontrar respostas clínicas para as diversas expressões desse impossível. Relendo seu percurso, nele distinguimos duas clínicas, com fundamentos, formalizações, manejos e orientações diferentes, que estabelecem, entre si, relações complexas. A primeira, dos vinte anos iniciais de seu ensino, corresponde a seu “retorno a Freud”. Nela, as estruturas clínicas (neurose, psicose e perversão) se ordenam em torno do pai. A segunda clínica, elaborada nos últimos dez anos de ensino de Lacan, responde às mudanças da globalização. Considerando a impossibilidade de decifrar os novos sintomas, toma a experiência do encontro com o Real como paradigma.

O curso fundamental de Freud a Lacan reconstrói os principais pontos desse percurso, sempre dando-lhe aplicabilidade clínica.

Organização:

O curso será realizado em dois semestres: um dedicado a Freud, outro a Jacques Lacan. Para estruturá-lo, recorremos a divisões significativas nas duas elaborações. Em Freud, privilegiamos a diferenciação entre suas duas tópicas. Em Lacan, a construção de suas duas clínicas: a primeira, do simbólico, e segunda, do Real.

As aulas são divididas em duas partes. A primeira parte das 19:30h às 20:20h será dedicada à aula expositiva ministrada por um professor. A segunda parte. das 20:30h às 21:20h será dedicada ao estudo dos textos, em pequenos grupos, sob a orientação de um tutor.

Cada bimestre inicia com uma conferência de abertura de Jorge Forbes.

Programa

1º semestre: SIGMUND FREUD

FREUD: A PRIMEIRA TÓPICA

125/02Conferência de Jorge Forbes
211/03Inconsciente – Pré-consciente – Consciente – da catarse à psicanálise
318/03O sonho e sua interpretação: a via real do inconsciente
425/03A vida cotidiana atravessada pelo inconsciente: os caminhos do significante
501/04O sonho e a realização do desejo
608/04A técnica analítica: a transferência aliada e obstáculo
715/04Os três ensaios sobre a teoria da sexualidade
822/04O complexo de Édipo: o pequeno Hans
929/04Encerramento do bimestre

Bibliografia:

Para os textos de  Freud,  usamos a Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, Rio de Janeiro: Imago Editora.
Em razão das diferentes edições as indicações de páginas podem variar

Aula 2:  11/03
“Um estudo autobiográfico” (1925) Vol. XX
Partes I, II e III – p. 13 a 53

Aula 3:  18/03
A interpretação de sonhos (1900) Vol. IV
Cap. II  O método de interpretar sonhos uma análise de um sonho modelo. P. 103 a 130

Aula 4: 25/03
A psicopatologia da vida cotidiana (1901) Vol. VI
Cap. I “ O esquecimento dos nomes próprios”. P.19 a 26

Aula 5: 01 /04
A interpretação de sonhos (1900) Vol. IV
Cap. III  “Um sonho é a realização de um desejo”, p. 131 a 142,  e  a análise do sonho do salmão defumado que se encontra no Cap IV p. 156 a 160

Aula 6: 08/04
Conferências introdutórias sobre psicanálise (1917) Vol. XVI
Conferência XXVII “Transferência” p.503 a 521

Aula 7: 15/04
Três ensaios sobre a teoria da sexualidade (1905) Vol. VII
Cap I “ As aberrações sexuais” p 135 a 174

Aula 8: 22/04
A dissolução do complexo de Édipo, (1924) (Vol. XIX)
P. 215 a 224

FREUD: A SEGUNDA TÓPICA

106/05Aula de abertura – Jorge Forbes
213/05Para além do princípio do prazer, algo insiste: a repetição
320/05A dinâmica das pulsões – Metapsicologia
427/05Ego e Id e Superego
503/06A sexualidade define a condição humana
610/06O pai e a lei
717/06Os fins da análi­­­­se: análise terminável e interminável
824/06Encerramento do semestre

Bibliografia:

Aula 2: 13/05
Além do princípio do prazer (1920) Vol.  XVIII
Cap. I, II e III. P.13 a 39 

Aula 3: 20/05
As pulsões e suas vicissitudes (1915) Vol. XIV
P.129 a 162

Aula 4: 27/05
O ego e o id (1923) Vol. XIX.
Cap III  “ o Ego e o Superego (ideal do ego)” p.41 a 51 

Aula 5: 03/06
Algumas consequências psíquicas da distinção anatômica entre os sexos (1925) Vol. XIX

Aula 6: 10/06
O Mal-estar na civilização (1930[1929]) Vol. XXI
Cap. VII
P. 146 a 157

Aula 7: 17/06
Análise terminável e interminável(1937).  Vol. XXIII
Cap V, VI , VII e VIII  p. 267 a 287

2º semestre: JACQUES LACAN

LACAN: A PRIMEIRA CLÍNICA

105/08Aula de abertura
212/08O inconsciente é estruturado como uma linguagem
319/08Jacques Lacan: uma releitura de Freud a partir de três registros RSI
426/08Do Édipo freudiano ao Édipo lacaniano
502/09Uma clínica do sujeito e do desejo: a construção do fantasma
609/09A causa do desejo: objeto a
716/09O percurso de uma análise na Primeira Clínica
823/09Clínica da interpretação: a verdade é da ordem da ficção
930/09Encerramento do bimestre

Bibliografia:

Aula 2: 12/08
LACAN, J. (1957-1958) O Bezerro de Ouro. In: O Seminário. Livro 5. As Formações do Inconsciente.

Aula 3: 19/08
LACAN, J. A instancia da letra no inconsciente ou a razão desde Freud. In: Escritos. pp.495-498., pp.500 501 

Aula 4: 26/08
LACAN, J. (1957-1958) Os três tempos do Édipo e Os três tempos do Édipo II. In: O Seminário. Livro 5. As Formações do Inconsciente 

Aula 5: 02/09
LACAN, J. (1957-1958) O desejo do Outro (lição XXII) In: O Seminário. Livro 5. As Formações do Inconsciente

Aula 6: 09/09
LACAN, J. (1957-1958) A causa do desejo. In: O Seminário. Livro 10. A Angústia.

Aula7: 16/09
FORBES JORGE (2012) , A psicopatologia e o final de análise, Cap. 3, in  Inconsciente e responsabildade p. 49 a 66 

Aula 8: 23/09
FORBES JORGE (1989Fixões in http://www.projetoanalise.com.br/index.php?id=161

LACAN: A SEGUNDA CLÍNICA

107/10Aula de abertura
214/10Os eixos da subversão analítica: os quatro discursos
321/10Do sujeito como efeito de significante ao corpo como suporte de gozo
428/10Lalangue ou como a palavra toca o corpo: para um significante novo
504/11Clínica do real: consequência e responsabilidade pelo acaso
611/11Os novos sintomas no curto-circuito da palavra
718/11Final de análise na segunda clínica: desabonado do inconsciente
825/11Conferência
06 e 07/12Conversação Clínica 2019

Bibliografia:

Aula 2: 14/10
LACAN JACQUES , Seminário Livro 20 (1973-1974),  Mais Ainda, Cap.II “A Jakobson”

Aula 3 : 21/10
MILLER,JACQUES-ALAIN , O monólogo da aparola
http://www.opcaolacaniana.com.br/pdf/numero_9/O_monologo_da_aparola.pdf

Aula 4: 28/10
FORBES, JORGE, Inconsciente e Responsabilidadepsicanálise do século XXI, Sao Paulo,Manole 2012  . pp. I a XXXIX

Aula 5: 04/11
FORBES,  JORGE , Curtos- circuitos do gozo
http://www.jorgeforbes.com.br/br/artigos/curtos-circuitos-gozo.html
 

Aula 6 : 11/11
FORBES JORGE (ed) Psicanálise a clínica do real SaoPaulo, Manole 2014 “ A análise seus fins, até onde vai uma análise hoje?

Aula7 : 18/11
FORBES, JORGE, Inconsciente e Responsabilidadepsicanálise do século XXI, Sao Paulo,Manole.  2012  . Cap. 7 p. 141 a 167