Curso Online 2017 - O Sintoma: de Freud a Lacan

Curso Online | O Sintoma: de Freud a Lacan

Curso online do IPLA em parceria com MANOLE EDUCAÇÃO.

Inscrições: http://manoleeducacao.com.br/sintoma

Início: Março/2017

 

 

O QUE É

O Curso  O Sintoma: de Freud a Lacan do Instituto da Psicanálise Lacaniana em parceria com a Manole Educação pretende, no ano de 2017,  aprofundar o estudo das bases da psicanálise em Sigmund Freud e de seu avanço em Jacques Lacan. Para tanto propõe um programa de quatro unidades bimestrais com aulas  que dão acesso à compreensão das duas tópicas do inconsciente de Sigmund Freud e das duas clínicas desenvolvidas por Jacques Lacan, sob a perspectiva do sintoma psicanalítico.  

 

A QUEM SE DESTINA

O curso  destina-se a todos que possuem sensibilidade com o sofrimento humano  e desejam conhecer  e aprofundar estudos da  obra de Sigmund Freud e de Jacques Lacan.  Com uma linguagem acessível, pretende  transmitir os conceitos da psicanálise não somente para psicólogos e médicos, como também a interessados das mais diversas formações profissionais.  O curso destina-se tanto a  iniciantes  na teoria que trata do inconsciente quanto a psicanalistas e pessoas já versadas na psicanálise, com ou sem experiência clínica.   As aulas são baseadas numa releitura dos principais textos  teóricos de Freud e Lacan  que tratam  do sintoma na clínica psicanalítica sem perder de vista  a prática da psicanálise. 

EMENTA

O Sintoma: de Freud a Lacan   é o tema do curso on-line do IPLA no ano de 2017. Expressão humana paradoxal, o sintoma causa sofrimento e satisfação. É uma resposta singular de como a pessoa lida com seu corpo, seu afeto e sua sexualidade. O conceito  de sintoma advém da prática clínica e da ética em psicanálise.

Sigmund Freud desvela o sintoma como uma das formações do inconsciente, uma expressão disfarçada do desejo. Sob ação do recalque, a partir da chave edípica, o sintoma é para Freud uma aliança de compromisso entre pulsão e defesa. Por meio da interpretação e do ganho de sentido, podia ser decifrado.

Jacques Lacan, em seu primeiro ensino, propõe, a partir da ferramenta da linguística estrutural,  um retorno a Freud expresso no paradigma “O inconsciente é estruturado como uma linguagem”. O inconsciente simbólico, nos eixos da metáfora e da metonímia, pauta a intervenção sobre o sintoma pela via do significante levando a sua remissão.

Posteriormente, Lacan procede a uma ruptura. Verifica, em sua práxis clínica, que nem tudo faz sentido no corpo e na vida de uma pessoa.  É o segundo momento de seu ensino sob a égide do inconsciente real. Lacan,  a partir desse momento, cria um novo entendimento e uma nova intervenção sobre o sintoma, cuja grafia passa a ser “sinthoma”. Este não é mais expressão de conflito, mas diz da identidade única da pessoa, aspecto do qual esta não consegue se desvencilhar, osso duro a suportar que pede uma solução singular para a angústia do ser.

No século XXI, os sintomas não são os mesmos da época de Freud. Nem tudo pode fazer sentido na vida de uma pessoa. Os Novos Sintomas são novas expressões do sofrimento subjetivo e trazem como marca a impossibilidade de explicação. Têm como característica o curto-circuito da palavra, resistem à associação livre e à interpretação. Marcam a passagem do “Freud explica” para o “Freud implica”. A responsabilidade passa a ser o novo orientador clínico, convite para que a pessoa em análise, diante deste ponto estranho, que “sou eu”, invente uma solução e uma forma de se  articular no mundo.

 

1. PROPOSTA DE CURSO:

O curso O Sintoma: de Freud a Lacan   será proferido  em quatro módulos bimestrais. Nos dois primeiros será visto como Freud considerou o sintoma ao longo de sua obra. Nos dois últimos,  haverá a releitura que Lacan faz quanto ao sintoma freudiano e os avanços que apresentou, caracterizando o Sinthoma.

CURSO 1: SIGMUND FREUD: O SINTOMA, EXPRESSÃO DISFARÇADA DO DESEJO

No primeiro curso, o sintoma é apresentado como sendo uma das formações do inconsciente descoberto por Sigmund Freud. Trata do sintoma tal como se apresenta na neurose histérica e na neurose obsessiva como carregado de sentido relacionado ao recalque de experiências dos pacientes. 

CURSO 2: SIGMUND FREUD:  SINTOMA E REPETIÇÃO

O segundo curso tratará do sintoma no contexto da teoria pulsional de Sigmund Freud. Sua presença na transferência, sua manifestação na  fobia, na  inibição e na ansiedade serão abordadas para se chegar ao “sintoma sinal substituto de uma satisfação pulsional recalcada”. 

CURSO 3: JACQUES LACAN: SINTOMA, METÁFORA DO DESEJO

Nas aulas do  terceiro curso, o sintoma é tratado no contexto da primeira clínica de Jacques Lacan, ou seja como manifestação do “inconsciente estruturado como uma linguagem”.  O sintoma pode ser lido como  sinal de uma satisfação paradoxal inconsciente a ser decifrada .

CURSO 4: JACQUES LACAN: SINTHOMA E GOZO

Do  sintoma sinal da verdade do inconsciente ao sinthoma resposta ao real fora do sentido será o percurso do quarto curso ambientado na segunda clínica de Jacques Lacan.  Aborda os sintomas da contemporaneidade ligados à globalização e ao que Jorge Forbes chama de o “curto-circuito da palavra”, clinicamente tratáveis através do  desabono do inconsciente,  da invenção e da responsabilidade pelo estilo de vida inventado.

 DIFERENCIAIS:

  • Facilidade de compreensão dos textos de Sigmund Freud e Jacques Lacan;
  • Visão da prática, conquistas e impasses da psicanálise no dia a dia;
  • Direcionamento para psicanalistas e todos aqueles que querem ter acesso à psicanálise;
  • Aulas ministradas por psicanalistas  com grande experiência didática e clínica;
  • Elaboração de materiais complementares, partilhados em redes sociais e em grupos de discussão;
  • Monitoria disponível full-time para encaminhar as dúvidas dos participantes e auxiliá-los no que for necessário.

 

2. HORÁRIO DE AULAS E CHATS E GRAVAÇÕES NO AUDITÓRIO DO IPLA

Horários:

a) Aulas ao vivo :  20:30 às 22:30
b) Aulas gravadas: tempo real
c) Fóruns de debates:  tempo real

Caso o aluno compre o curso bimestral seguinte, o acesso do curso anterior ficará liberado. 

 

3. OBJETIVOS

  • Transmitir os conceitos da psicanálise de Sigmund Freud e Jacques Lacan aprofundados na questão do sintoma;
  • Dar uma visão da prática da psicanálise desde sua construção enquanto campo clínico e do saber até os nossos dias;
  • Divulgar a psicanálise lacaniana  no Brasil e no mundo. 

 

4. CARGA HORÁRIA

No ano letivo de 2017, o curso contará com 4  (quatro) cursos de 20 horas cada. Cada curso ficará liberado conforme indicado no campo datas. Caso o aluno compre o curso seguinte, o acesso do curso anterior ficará liberado.

A carga horária será distribuída como segue:

20 transmissões on-line, de duas horas cada (aula expositiva) = 40 horas

40 horas de atividade on-line fórum e sala de bate-papo =  40 horas

Total: 80 horas

 

5. ÁREA DE ATUAÇÃO DO CURSO

Psicanálise

 

6. TIPO DE CURSO

Livre

 

7. FORMATO

Online

 

8. PÚBLICO-ALVO

Psicanalistas, psicólogos, médicos, enfermeiros, professores, pedagogos, advogados e demais profissionais e estudantes que, por algum motivo, lidam com  o sofrimento humano.

 

9. METODOLOGIA

Curso on-line: Mediante o uso de uma senha pessoal e intransferível, o aluno poderá assistir às aulas quando e onde desejar. Em caso de dúvida, poderá participar de fóruns de debates  on-line  de outras atividades sugeridas a critério dos docentes.

 

10. CERTIFICAÇÃO

Certificado emitido pelo Instituto da Psicanálise Lacaniana – IPLA.

 

11. MATERIAL DIDÁTICO

O curso conta com uma bibliografia composta por obras de Sigmund Freud e de Jacques Lacan, além das  seguintes  obras:

FORBES, J. Inconsciente e responsabilidade: psicanálise do Século XXI. Barueri: Manole, 2012.

FORBES, J. Você quer o que deseja?  12 a. ed. Barueri: Manole, 2016.

FORBES, J. (ed.) & RIOLFI, C. (org.). Psicanálise: a clínica do Real. Barueri: Manole, 2014.

FORBES, J. & alii. A invenção do futuro: um debate sobre a pós-modernidade e a hipermodernidade.  Barueri: Manole, 2005.

O IPLA propõe que para cada uma das aulas será redigido pelo docente  um texto de aproximadamente 10 páginas. Esses textos comporão um livro a ser composto e lançado pela Editora Manole no início de 2017.  

 

12. INVESTIMENTO

Curso

Até 30/01/2017

Módulo individual R$ 600,00
Pacote: Módulos 1 e 2 ou 3 e 4 R$ 1.100,00
Pacote completo: Módulos 1, 2, 3 e 4 R$ 2.100,00

– Parcelamento em até 10x no cartão de crédito.

Descontos:

– 20% na inscrição para alunos e ex-alunos Manole Educação.

Importante:

O desconto não será concedido após a compra. Caso você não tenha recebido o cupom de desconto, por favor, entre em contato com o atendimento ao aluno https://manoleeducacao.zendesk.com

 

13. ITENS INCLUÍDOS NA INSCRIÇÃO

Acesso ao AVA, imagens especiais, etc...

 

14. ORGANIZAÇÃO

Instituto da Psicanálise Lacaniana: Dorothee Rüdiger

Editora Manole Cursos: Tatiane Zainell

 

15. PROGRAMAÇÃO

CURSO 1: SIGMUND FREUD: O SINTOMA, EXPRESSÃO DISFARÇADA DO DESEJO

Docente

Atividade Prevista

Aula/Dia Mês

Forúm/Dia Mês

Jorge Forbes

Conferência inaugural: O sintoma, expressão disfarçada do desejo

06/03

06/03

Dorothee Rüdiger

O sintoma e as formações do inconsciente

13/03

20/03

Alain Mouzat

Sintoma, defesa e recalque

27/03

03/04

Jorge Forbes

Jorge Forbes esclarece:
Dora: "A velha e a nova histérica" 

10/04

10/04

Liége Lise

O Homem dos Ratos e o sintoma obsessivo

17/04

24/04

 

CURSO 2: SIGMUND FREUD: SINTOMA E REPETIÇÃO

Docente

Atividade Prevista

Aula/Dia Mês

Forúm/Dia Mês

Jorge Forbes

Conferência inaugural: O que se repete no sintoma

08/05

08/05

Helainy Andrade

Recordar, repetir, elaborar

15/05

22/05

Teresa Genesini

O caso Hans

29/05

05/06

Jorge Forbes

Jorge Forbes esclarece:
A angústia na psicanálise

12/06

12/06

Ariel Bogoshvol

Inibição, sintoma e angústia

19/06

26/06

 

CURSO 3: JACQUES LACAN: SINTOMA, METÁFORA DO DESEJO

Docente

Atividade Prevista

Aula/Dia Mês

Forúm/Dia Mês

Jorge Forbes

Conferência inaugural: Sintoma, metáfora do desejo

07/08

07/08

Liége Lise

O sintoma "se resolve por inteiro numa análise linguajeira, por ser ele mesmo estruturado como uma linguagem"

14/08

21/08

Convidado Internacional

No sintoma há satisfação às avessas do desejo
(Aula transmitida da Universidade de Buenos Aires) 

28/08

28/08

Jorge Forbes

Jorge Forbes esclarece:
"Leibproblem: O-problema-do-corpo"

11/09

11/09

Ariel Bogoshvol

Sintoma e pulsão: satisfação paradoxal

18/09

25/09

 

CURSO 4: JACQUES LACAN: SINTHOMA E GOZO

Docente

Atividade Prevista

Aula/Dia Mês

Forúm/Dia Mês

Jorge Forbes

Conferência inaugural: Sintoma: "Do acidente à coincidência"

02/10

02/10

Juan Jorge Michel Fariña

O quarto nó: o sinthoma
(Aula transmitida da Universidade de Buenos Aires) 

09/10

09/10

Alain Mouzat

Sintoma como resposta ao real, o fora de sentido e o gozo

23/10

30/10

Dorothee Rüdiger

Os novos sintomas e o curto-circuito da palavra

06/11

13/11

Jorge Forbes

Conferência de encerramento:
Responsabilidade: estar desabonado do inconsciente 

20/11

20/11

 

COORDENADORES E TUTORES:

Direção Geral: Jorge Forbes

http://lattes.cnpq.br/1821501880117212

Psicanalista e médico psiquiatra. Doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo - USP - Faculdade de Medicina (Neurologia). Doutor em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro - UFRJ. Mestre em Psicanálise pela Universidade Paris VIII. A.M.E. - Analista Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Escola Europeia de Psicanálise. Membro da Associação Mundial de Psicanálise - AMP. É um dos principais introdutores do ensino de Jacques Lacan no Brasil, de quem frequentou os seminários em Paris, de 1976 a 1981. Teve participação fundamental na criação da Escola Brasileira de Psicanálise, da qual foi o primeiro diretor-geral. Preside o Instituto da Psicanálise Lacaniana - IPLA e o Projeto Análise (www.projetoanalise.com.br). Dirige a Clínica de Psicanálise do Centro do Genoma Humano - USP. Tem artigos publicados no Brasil e no exterior; é autor, dentre outros livros, o mais recente: Inconsciente e Responsabilidade – Psicanálise do Século XXI – Prêmio Jabuti 2013,  em que estuda as mudanças necessárias a uma psicanálise para os tempos pós-modernos, além do Édipo. Também escreveu Você quer o que Deseja? Cuja 12ª.  Edição foi  relançada, em 2016 pela Editora Manole,  e, em coautoria, A Invenção do Futuro, livro no qual pensa soluções para viver na era de quebra dos ideais. Lançou, em 2015, a segunda edição  Da palavra ao gesto do analista  pela Editora Manole. Colabora com a grande imprensa, sendo curador e conferencista do Café Filosófico da CPFL –  TV Cultura (vídeos: http://migre.me/diXB). Por seus trabalhos sobre as novas formas de viver na pós-modernidade, tem sido consultado por hospitais, escolas e empresas.

Coordenadora: Dorothee Rüdiger

http://lattes.cnpq.br/0416668605990422

Psicanalista,  é  sócia do Instituto da Psicanálise Lacaniana  e atua como psicanalista clínica, pesquisadora e docente no campo do direito e da psicanálise.  Tem formação acadêmica  com Graduação em Direito (1980) pela Universidade de Freiburg im Breisgau, na Alemanha, Mestrado (1990) e  Doutorado (1995)  em Direito pela Universidade de São Paulo.  É professora universitária no campo da Psicologia Jurídica, da História do Direito e do  Direito do Trabalho desde 1988, quando ingressou na  Faculdade de História, Direito e Serviço Social da Universidade Estadual Paulista no Campus de Franca SP.  Entre 1998 e 2007 foi professora da Universidade Metodista de Piracicaba SP nos curso de graduação e pós-graduação stricto sensu em Direito, nos quais exerceu os cargos de coordenadora de curso de graduação e de mestrado em direito.  Atualmente, é docente no cursos de graduação e pós-graduação stricto sensu em Direito da Universidade Católica de Santos e professora titular da Universidade Paulista,  em São Paulo.

Monitora: Helainy Andrade

Psicanalista, estudou psicologia na Universidade Federal de São João del Rey, Minas Gerais.  Reside e  pratica  a psicanálise em sua  clínica em  Varginha,  cidade mineira na qual desenvolveu trabalhos na saúde pública, em hospital de hemodiálise e em escola particular. Além disso, prestou consultoria em empresas da cidade e região. Em todos esses trabalhos orientou-se  pela formação em psicanálise realizada em São Paulo no Instituto da Psicanálise Lacaniana – IPLA  e numa passagem pelo Projeto Análise dirigido pelo psicanalista Jorge Forbes. Atualmente,  participa do Projeto de Pesquisa e Clínica de Psicanálise no Instituto do  Genoma Humano da  Universidade de São Paulo. Desde 2015,  é docente atuante na formação analítica do Instituto da Psicanálise Lacaniana. 

 

Professores (em ordem alfabética):

Alain Mouzat

http://lattes.cnpq.br/4924915966839535

É professor da Universidade de São Paulo, doutor em linguística, e psicanalista membro do Instituto da Psicanálise Lacaniana.

Ariel Bogochvol

É médico psiquiatra e psicanalista. Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise.

Dorothee Rüdiger

http://lattes.cnpq.br/0416668605990422

É psicanalista, membro do Instituto da Psicanálise Lacaniana – IPLA  e doutora em Direito pela Universidade de São Paulo.

Helainy Andrade

É psicanalista clínica com atuação em Varginha (MG) e membro do IPLA – Instituto da Psicanálise Lacaniana – SP.

Jorge Forbes

http://lattes.cnpq.br/1821501880117212

É médico psiquiatra e psicanalista, doutor em Ciências pela Universidade de São Paulo - Faculdade de Medicina (Neurologia), doutor em Teoria Psicanalítica pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, mestre em Psicanálise pela Universidade Paris VIII,  Analista Membro da Escola Brasileira de Psicanálise e da Escola Europeia de Psicanálise e da Associação Mundial de Psicanálise.

Juan Jorge Michel Fariña

É filósofo e psicanalista. Professor titular do Departamento de Ética e Direitos Humanos da Escola de Psicologia da Universidade de Buenos Aires/ Argentina, é Pesquisador Principal do Programa da Universidade de Buenos Aires para Ciência e Tecnologia e Coordenador Geral do grupo interdisciplinar de pesquisa Ética y Cine.

Liége Lise 

É psicanalista clínica com atuação em Piracicaba (SP) e São Paulo – Capital e diretora da clínica escola do Instituto da Psicanálise Lacaniana-  IPLA.

Teresa Genesini

É psicanalista, diretora do Instituto da Psicanálise Lacaniana – IPLA. Mestre em estatística pela UNICAMP.

 

LINK DO CURSO :

http://manoleeducacao.com.br/sintoma