Curso Fundamental: DE FREUD A LACAN, NO IPLA (Edição 2017)

Apresentação

Curso Fundamental: DE FREUD A LACAN, NO IPLA (Edição 2017)

De sua convicção de que os sintomas da histérica não tinham uma origem em lesão orgânica, Freud conseguiu elaborar uma representação da psique humana e um modo de intervenção pela palavra para atuar sobre o sintoma: a interpretação. Mostrou onde e como se manifesta o inconsciente (nos sonhos, na vida cotidiana, nos tropeços). Desmontou os mecanismos que, descolando os afetos das representações, permitem aos sintomas se manifestarem em substituição às representações recalcadas. A partir de 1923, introduziu uma representação psíquica com três instâncias (Ego, Id e Superego) para dar conta da insistência do sintoma. Percebendo a satisfação que se encontra uma repetição, Freud reconfigurou os limites e os fins da análise, incluindo o impossível.

Jacques Lacan tomou para si a tarefa de encontrar respostas clínicas para as diversas expressões desse impossível. Relendo seu percurso, nele distinguimos duas clínicas, com fundamentos, formalizações, manejos e orientações diferentes, que estabelecem, entre si, relações complexas. A primeira, dos vinte anos iniciais de seu ensino, corresponde a seu “retorno a Freud”. Nela, as estruturas clínicas (neurose, psicose e perversão) se ordenam em torno do pai. A segunda clínica, elaborada nos últimos dez anos de ensino de Lacan, responde às mudanças da globalização. Considerando a impossibilidade de decifrar os novos sintomas, toma a experiência do encontro com o Real como paradigma.

O curso fundamental de Freud a Lacan reconstrói os principais pontos desse percurso, sempre dando-lhe aplicabilidade clínica. 

Forma de organização: O curso será realizado em dois semestres: um dedicado a Freud, outro a Jacques Lacan. Para estruturá-lo, recorremos a divisões significativas nas duas elaborações. Em Freud, privilegiamos a diferenciação entre suas duas tópicas. Em Lacan, a construção de suas duas clínicas: a primeira, do simbólico, e segunda, do Real.

Horário das aulas e organização: o horário das aulas será toda segunda-feira  de 19:30 a 21:20.

 A primeira parte das 19:30 às 20: 20 será dedicada  à aula expositiva ministrada por um professor. A segunda parte. das 20:30 às 21:20 será dedicada ao estudo dos  textos,  em pequenos grupos, sob a orientação de um tutor.

 

Maiores Informações

Informações na secretaria: tel: (11) 3061-0947, com Caetano

Início do curso: 6/3/2017 

 

Programa

1° semestre: SIGMUND FREUD

FREUD: A PRIMEIRA TÓPICA

1

06/03

Conferência de Jorge Forbes : O sintoma expressão disfarçada do desejo

2

13/03

Inconsciente - Pré-consciente - Consciente A descoberto da histeria - Ana O.

3

20/03

O sonho e sua interpretação: a via real do inconsciente

4

27/03

A sexualidade na etiologia das neuroses

5

03/04

As histéricas mostram a via. De Ana O. a Dora

6

10/04

Jorge Forbes esclarece: “Dora: A velha e a nova histérica”

7

17/04

A sexualidade infantil e a escolha do objeto

8

24/04

A dinâmica das pulsões

Bibliografia:

Para os textos de  Freud,  usamos a Edição Standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud, Imago Editora, LTDA, Rio de Janeiro.

Em razão das diferentes edições as indicações de páginas podem variar.

Aula 13/03
FREUD, S. (1910 [1909]) . Cinco lições de psicanálise, Conferências I e II, In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago,  vol XI, pp. 13 a 28. 

Aula 20/03
FREUD, S. (1910 [1909]) . Cinco lições de psicanálise, Conferência III, In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago,  vol XI,
FREUD, S. (1901) Sobre o sonho, In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago,  vol  V, Itens I a XI, p. 671 a 720

Aula 27/03
FREUD, S. . (1910 [1909])  . Cinco lições de psicanálise, Conferência IV, In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, , vol XI
1898a   “A Sexualidade na Etiologia das Neuroses”

Aula 03 /04
FREUD, S. (1905). Fragmento da análise de um caso de histeria. In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, vol. VII.
Leitura imprescindível: Pósfacio. P. 108-116. 

Aula 17/04
FREUD, S. (1905). - Três ensaios sobre a teoria da sexualidade . In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, vol. VII.
Leitura dos capítulos - II – A sexualidade infantil e  III – As transformações da puberdade

Aula 24/04
FREUD, S. (1915). As pulsões e suas vicissitudes. In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, vol. XIV.

 

FREUD: A SEGUNDA TÓPICA

1

08/05

Conferência de Jorge Forbes: O que se repete no sintoma

2

15/05

O Eu e o Id

3

22/05

Além do princípio do prazer: a repetição

4

29/05

Castração e Superego

5

05/06

O estranho

6

12/06

Jorge Forbes esclarece: A angustia na psicanálise

7

19/06

Análise terminável e interminável

8

26/06

A psicanálise freudiana para uma sociedade pai orientada.

Bibliografia:

Aula 15/05
FREUD, S. (1923). O ego e o id. In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, vol. XIX.
Leitura imprescindível: Cap. III. O ego e o superego (ideal do ego)p. 41-51 

Aula do 22/05
FREUD, S. (1920). Além do princípio do prazer . In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, vol. XVIII
Leitura dos Cap V, VI VII

Aula 29/05

FREUD, S. (1930[1929])).  O Mal-estar na civilização, In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, Vol XXI
Leitura dos capítulos VII e VIII. 

Aula 05/06
FREUD, S. (1919).  O ‘Estranho’, In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996 Vol XVII 

Aula 19/06
FREUD, S. (1937).  Análise terminável e interminável , In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996 Vol XXIII
Cap. V a VIII 

Aula 26/06
FREUD, S. (1930[1929])).  O Mal-estar na civilização, In: Edição standard brasileira das obras psicológicas completas de Sigmund Freud. Rio de Janeiro: Imago, 1996, Vol XXI

 

2º semestre: JACQUES LACAN

LACAN: A PRIMEIRA CLÍNICA

1

07/08

Conferência de Jorge Forbes: Sintoma: metáfora do desejo

2

14/08

Do sentido a estrutura. O inconsciente e é estruturado como uma linguagem

3

21/08

Uma clínica do sujeito e do desejo. O desejo é o desejo do Outro.

4

28/08

Do Édipo freudiano ao Édipo lacaniano.

5

04/08

A causa do desejo: um objeto que não se tem O corpo mortificado pela palavra

6

11/09

Jorge Forbes esclarece: Leibproblem – o problema do corpo.

7

18/09

Clínica da interpretação: a verdade é da ordem da ficção

8

25/09

O fantasma como realidade, e o final de análise na primeira clínica

Bibliografia

LACAN, J. A instancia da letra no inconsciente ou a razão desde Freud. In: Escritos. pp.495-498., pp.500 501
LACAN, J. (1957-1958) O Bezerro de Ouro. In: O Seminário. Livro 5. As Formações do Inconsciente.
LACAN, J. (1957-1958) A causa do desejo. In: O Seminário. Livro 10. A Angústia.
LACAN, J. (1966 A direção do tratamento (dos itens 14 a 19). In: Escritos. pp. 638-649.
LACAN, J. (1957-1958) Os três tempos do Édipo e Os três tempos do Édipo II. In: O Seminário. Livro 5. As Formações do Inconsciente.
LACAN, J. (1966)  De uma questão preliminar ao tratamento possível da psicose. In: Escritos. pp. 554-563.
LACAN, J. (1966) A ciência e a verdade. In: Escritos. ( Emprestar minha voz [...] do pensamento.) pp. 882-884

 

LACAN: A SEGUNDA CLÍNICA

1

02/10

Conferência de Jorge Forbes : Sintoma – Do acidente à coincidência

2

09/10

O real insiste: a degradação da linguagem Da palavra ao gesto do analista

3

23/10

Do sujeito como efeito de significante ao corpo como suporte de gozo. O homem, a mulher e a fórmula da sexuação

4

30/10

Lalangue ou como a palavra toca o corpo: para um significante novo

5

06/11

Os novos sintomas e o curto-circuito do gozo

6

13/11

Até onde levar uma análise? Felicidade não é bem que se mereça

7

20/11

Conferência de encerramento: responsabilidade: estar desabonado do inconsciente – por Jorge Forbes

8

27/11

Apresentação dos trabalhos

Bibliografia

Lacan, Jacques
- Radiofonia, Outros escritos ( respostas às três primeiras perguntas)
- O Aturdito, Outros escritos
- Seminário, livro 20 Mais ainda,   Capítulo “A Jakobson “
     - Cap XI “O rato no labirinto”
     - cap. VIII “Letra de uma carta de Almor”
- Seminário livro XXIII,  O sinthoma Lição I  Do uso lógico do sinthoma, parte 1.
- “ Joyce o sinthoma” - Desabonado do inconsciente 

Forbes, Jorge
Inconsciente e Responsabilidade,  pp. I a XXXIX
Da palavra ao gesto do Analista, pp. 141 a 167