TerraDois - TV Cultura

TerraDois, uma mimese mediada: pós-modernidade e psicanálise em narrativas para a TV Cultura – SP 25/04/2019

Hebe Rios do Carmo

Dissertação apresentada ao Programa de PósGraduação Stricto Sensu em Linguagens, Mídia e Arte, linha de pesquisa Sujeito e Midiatização, da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, como requisito parcial para obtenção do título de Mestre.

Este trabalho demonstra como se caracteriza o conceito de mimese mediada no programa de televisão TerraDois, da TV Cultura – SP, que por meio da articulação de vozes narrativas promove a convergência entre os gêneros televisivos entrevista e teledramaturgia. Para tanto, se baseia em estudos sobre a função da comunicação como organizadora e operadora central dos sistemas sociais (LUHMANN, 2005) e em estudos sobre a comunicação narrativa (MOTTA, 2013); (FRANÇA, 2004). O programa seriado se propõe a estimular reflexões sobre as mudanças paradigmáticas na pós-modernidade, sob a perspectiva da psicanálise lacaniana.

O método de análise pragmática da narrativa permitiu identificar, em TerraDois, a existência de vozes narrativas dos campos da mediação e da representação. A articulação entre essas vozes corresponde à articulação entre os gêneros entrevista e teledramaturgia em um processo de intercessão e convergência, demonstrado por meio da análise do episódio  Sinfonia sem fim, representativo do formato da série. O percurso metodológico nos levou a identificar a mimese mediada, conceito criado por Motta para análise da narrativa jornalística,  na convergência entre os gêneros entrevista e teledramaturgia, como parte da estratégia para a midiatização da psicanálise em uma emissora de TV aberta, pública e identificada com a programação educativa, cultural e científica, como é a TV Cultura – SP.

Clique aqui para realizar o download da tese de mestrado.