Artigos

ArtigosO silêncio no cinema

Fernando Morais da Costa é referência no estudo do silêncio no cinema. Professor Doutor em Comunicação do Departamento de Cinema e Vídeo e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense-UFF, foi entrevistado por Lilian Bison, exclusivamente, para O Mundo – visto pela Psicanálise. 1- No cinema, qual o poder das palavras e […]

15 min

ArtigosA tecnomedicina e a uberização do mundo

Esse texto foi apresentado em 4/10/16, por solicitação de Jorge Forbes, em seu curso semanal, que trabalha atualmente as consequências do pós-humanismo na subjetividade humana e a posição da psicanálise. Leitura do cap. III de A revolução transumanista  – como a tecnomedicina e a uberização  do mundo vão alterar nossas vidas, de Luc Ferry. Esse […]

15 min

ArtigosPai é quem cria … ou não

O reconhecimento da multiparentalidade pelo Supremo Tribunal Federal fará a maior revolução no direito de família dos últimos tempos Desde a semana passada, meninos e meninas podem ter dois pais. O Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceu, num processo que teve repercussão geral, a paternidade sócio-afetiva ao lado da paternidade biológica. Isto quer dizer que um […]

15 min

ArtigosIncerteza Viva. Viva!

Em um mundo mutante, a arte veio em meu socorro. Diante das certezas da ciência, ela diz: a vida é incerteza  “Discutir incerteza demanda compreender a diversidade doconhecimento, uma vez que descrever o desconhecido significainterrogar tudo o que pressupomos como conhecido.”(32ª Bienal de São Paulo, 2016) Entre o bombardeio das informações que jorram no dia […]

15 min

ArtigosDe volta para o Futuro

Os impasses para um projeto pós-humanista, o teorema da incompletude e o soco na exatidão matemática, o transumanismo e a uberização:  este texto é baseado em uma aula do psicanalista Jorge Forbes, ministrada no dia 13 de setembro de 2016, durante o seminário Terra 2.  Estamos no presente. Em 13 de setembro de 2016,  a  […]

15 min

ArtigosJürgen Habermas e as “fantasias desejantes” dos pais do futuro

Esse texto foi apresentado nesta semana, 20/9/16, por solicitação de Jorge Forbes, em seu curso semanal, que trabalha atualmente as consequências do pós-humanismo na subjetividade humana e a posição da psicanálise. “Filhos…  Filhos?Melhor não tê-los! Mas se não os temos, como sabê-lo?” Vinícius de Moraes Como transmite jocosamente o poeta Vinícius de Moraes, ter um […]

15 min

ArtigosA dignidade da morte

Os profissionais da saúde deveriam preparar os pacientes para a morte? Há menos de dois anos, nossa família viveu a perda de uma amiga. Uma jovem senhora de 47 anos. Como vizinhos, tínhamos uma convivência marcada pela presença – quase que cotidiana – de palavras e gestos de solidariedade, afeto e carinho. Era uma referência […]

15 min

ArtigosKamasutra de hora marcada

Se o querer é incondicional, o desejo pode ser realizado por partes, deixando sempre um gosto de quero mais Existe uma diferença importante entre querer e desejar. Na maioria das vezes o querer se associa à frustração e ao capricho, enquanto o desejo se associa ao amor – mesmo que não saibamos o que isso […]

15 min

ArtigosFreud sob análise – TVEJA entrevista Jorge Forbes

Da atualidade da psicanálise Cabe mais uma biografia de Freud? Claro, diz Jorge Forbes, respondendo ao convite da TVeja, por ocasião do lançamento de uma nova biografia de Freud, por Elisabeth Roudinesco. Forbes argumenta: é próprio do escritor criativo oferecer uma dimensão de incompletude. E a dimensão biográfica vem sempre possibilitar outra leitura, nunca definitiva, […]

15 min

ArtigosMudança organizacional em tempos mutantes?

“Não precisamos temer que nossas escolhas ou nossas ações restrinjam nossa liberdade, já que apenas a escolha e a ação nos libertam de nossas âncoras”.(Maurice Merleau-Ponty) Os tempos são mutantes. No entanto, o que permeia a produção do conhecimento no campo dos estudos organizacionais e de pessoas é fruto de um paradigma positivista forjado na […]

15 min

ArtigosA sedução da deficiência

As paralimpíadas têm sucesso de público nos estádios e nas telas. Não apelam ao politicamente correto, nem à compaixão. Por que nos tocam…? Quatro notas sobre a abertura das paralímpiadas no Brasil: 1. É o ser humano que dá sentido à máquina. Amy Purdy, 36 anos, atleta snowbord, com suas pernas biônicas deu um show […]

15 min